Basquete

Vera Cruz Campinas prevalece em Pernambuco

Em uma partida emocionante no segundo tempo, o Vera Cruz Campinas arrancou uma importante vitória no Recife (PE), ao bater a Uninassau por 60 a 53. A equipe paulista foi liderada no placar pelos 19 pontos da cubana Ariadna. Pela Uninassau, três titulares pontuaram em dígitos duplos e puxaram a ofensiva pernambucana: Gil (18), Casanova (14) e Chirinda (12).

Após um primeiro quarto marcado por erros e placar baixo (12×14), Vera Cruz Campinas deslanchou no segundo período, abrindo vantagem de 13 pontos, liderado pela boa atuação de Jeanne – 11 pontos em 100% de aproveitamento e vitória parcial por 37 a 24.

No terceiro período, Roberto Dornelas conseguiu ajustar a defesa e, com a ajuda de Ana Limoeiro, conduzir a equipe a uma grande reação, diminuindo a desvantagem de 13 para apenas 2 pontos, limitando Campinas a apenas 7 no período.

Com um último quarto nervoso de ambas as partes, a Uninassau conseguiu passar a frente pela primeira vez a pouco mais de oito minutos do fim, com uma cesta de Chirinda. Mas o bom momento pernambucano não durou muito, e o Vera Cruz Campinas logo tratou de retomar a frente e segurar os minutos finais para sair com o triunfo.

“Foi uma vitória importante. Sabemos que jogos na casa do adversário muitas vezes são mais difíceis, mas conseguimos fazer nossa parte. Agora é descansar, porque temos mais um jogo contra um adversário que tem jogadoras de qualidade”, analisou a cestinha da partida, Ariadna. Para Antonio Carlos Vendramini, as duas equipe cometeram muitas falhas. “Acabou ficando um jogo acirrado e a sorte ficou do nosso lado”, comemorou o treinador.

Para Gil, a Uninassau precisa estar ligada desde o começo. “Nossa equipe entrou desatenta, principalmente no ataque. Demoramos para explorar as melhores bolas. A equipe de Campinas é bem homogênea. Conseguimos impor nosso ritmo no terceiro período, mas não pudemos sustentar, cometendo falhas que não deveríamos. Temos que nos concentrar para entrar no jogo ditando nosso ritmo, e não ter que correr atrás do placar, como hoje.”, analisou.

Para a ala Carol,da Uninassau, faltaram alguns detalhes a equipe: “Aos poucos, a gente vai conseguir juntar e formar uma equipe mais coesa”, disse a atleta, que saiu de quadra com apenas 3 pontos.

Em situações opostas na classificação, pernambucanas e paulistas têm pouco tempo para descansar. Já nesta terça, a Uninassau recebe o Funvic/Ituano, às 21 horas de Brasília (20h local), ao passo que o Vera Cruz Campinas vai até o Maranhão encarar o também invicto Sampaio Basquete, às 20h de Brasília (19h local).

A CAIXA, junto ao Governo Federal, é a patrocinadora oficial da Liga de Basquete Feminino, que organiza a LBF CAIXA. A competição tem a TV Gazeta como emissora oficial, a TV Globo, o SporTV e o globoesporte.com como parceiros de mídia oficiais, a bola oficial da Wilson e a AND1 como marca esportiva oficial.

Fonte: Liga de Basquete Feminino

Click to comment

Responder

Your email address will not be published. Required fields are marked *

To Top